Comissão de Direitos Humanos – Violência Obstétrica

Queridos leitores, é com muita felicidade que informo a vocês que agora também integro a Comissão de Direitos Humanos – Violência Obstétrica.

É um grupo multidisciplinar formado dentro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/SP, presidida pelo Dr. Martim de Almeida Sampaio.
Tem como objetivo apurar, informar, relatar, levar denúncias, publicar artigos, realizar eventos, fomentar e divulgar o panorama obstétrico do país, principalmente do Estado de SP,
visando o fim da violência contra as mulheres e os recém-nascidos que ocorre em massa dentro das instituições de saúde públicas e privadas.

Estou montando um estudo sobre episiotomia e preciso de muitos relatos de mulheres que receberam o “cortinho” para fazer um dossiê sobre o assunto.
O relato pode ser breve e com suas palavras, mas lembre-se de colocar essas informações: Como foi feito o corte, se foi com ou sem anestesia, com ou sem consentimento, quantos pontos, como foi a recuperação e se e como isso influenciou na vida de vocês, seja física, psicológica ou sexual, como vocês se sentem a respeito. Sim, seus sentimentos. E sua dor, se houver.

Preciso também da data, nome completo (que não será divulgado sem autorização), Hospital, Cidade, Estado, email e um telefone, caso seja necessário entrar em contato.

Por favor, enviem para taticotrim@yahoo.com.br. Relatos colocados nos comentários não serão utilizados.

Me ajudem a mudar o panorama obstétrico no Brasil. Me ajudem respondendo e divulgando, compartilhando: quanto mais relatos, mais forte será o dossiê.

Anúncios

Um pensamento sobre “Comissão de Direitos Humanos – Violência Obstétrica

  1. Olá! Meu nome é Rafaella e sou estudante de Direito da UFPE. Estou iniciando um pré-projeto de iniciação científica acerca da Violência Obstétrica sob a óptica do direito, mais especificamente da sociologia jurídica. Gostaria de saber se você possui materiais sobre a violência obstétrica, seja em forma de artigos acadêmicos, reportagens, mas mais especificamente e principalmente, que abordem a questão da violência relacionando-a com o Direito. Gostaria de saber, também, se há como haver publicização do que está sendo debatido na Comissão, tal como se há como fazer parcerias com OAB’s de outros estados, como Pernambuco. Em suma, qualquer material será de grande utilidade. Agradeço desde já e parabéns pelo trabalho.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s