15 coisas que toda grávida deveria saber

Posições de amamentação

Você já se informou sobre amamentação?

Oi gente!

Hoje o post é para as futuras mamãe de primeira viagem. Resolvi fazer esse post porque, durante a gravidez, procurei me informar e saber tudo o que poderia fazer por mim e pelo meu bebê. Mas eu entrei num erro que parece comum, pois conversei com outras amigas grávidas e vi que elas também foram na mesma onda. Me informei sobre a gravidez, li livros, tudo mais. Só que me esqueci do que viria depois: todos os outros dias da minha vida e do meu bebê. Então, algumas dicas para você que está esperando seu filhotinho, com coisas que você talvez não saiba e com coisas sobre as quais você deve se informar.

  1. Santo remédio para enjoo: se estiver muito enjoada, dê uma lambidinha em um limão. É coisa de vó e geralmente funciona. Limonada (adoçada com sucralose, como o adoçante Linea, pra não engordar) e picolé de limão também vêm a calhar.
  2. Amamentação: informe-se sobre isso. Leia livros, fóruns, aprenda sobre a pega correta. Pense que o bebê recém nascido mama a cada 2 ou 3 horas. Às vezes, de hora em hora, dependendo da fase de desenvolvimento. Ou seja, você vai amamentar pelo menos 10 vezes por dia. Vale a pena se interessar pelo assunto, ok?
  3. Ainda sobre amamentação. Algumas palavras chave sobre o assunto para dar uma busca na internet: não existe leite fraco, acredite no seu poder de amamentar, relactação, aleitamento exclusivo, pega correta, posições de amamentação. Clica na foto para ver em tamanho grande, é um guia bacana do Hospital Albert Einstein.
  4. Posições para o bebê dormir. O indicado é que ele durma de lado ou, no máximo, de barriga para cima. Nunca de bruços. Dormir de bruços aumenta as chances de morte súbita dos bebês.
  5. Mãe fumante. Você ainda não parou de fumar? Não se condene, ainda dá tempo. Pense que você pode escolher fumar ou não, mas o seu bebê não pode: Ele está lá dentro e a placenta fica repleta de fumaça. Quando acender o cigarro, tente visualizar seu filhotinho na sua barriga, cheio de fumaça. Filhotes de mães fumantes tendem a ter problemas respiratórios graves, como bronquite asmática. Dê um tempo no cigarro, depois, se ainda quiser, você volta a fumar.
  6. Mãe fumante 2: não vale voltar a fumar enquanto amamenta. A nicotina vai toda para o leite. Você não quer o seu bebê mamando leite com nicotina, tenho certeza disso. E o seu leite (sem nicotina) é o melhor alimento que ele pode ter nesse mundo.
  7. Conchas de amamentação. Muito úteis nos primeiros dias. Recolhem o leite que escorre, ajudam a prevenir rachaduras e estimulam a produção.
  8. Informe-se sobre a cesárea. Tem coisas que ninguém conta, como  você não poder abraças ou amamentar o seu filho assim que ele nasce, pontos que podem inflamar, o tempo que você precisa esperar para engravidar de novo, se pode ou não fazer parto normal depois.
  9. Converse com seu companheiro sobre ele te ajudar depois que o bebê nascer. Trocar fraldas, dar banho, trocar a roupa do bebê são coisas que o pai pode fazer. Isso aproxima pai e filho e dá um descanso pra mãe, que normalmente estará bem cansada.
  10. Mamadeiras ou copinho de amamentação? Estude e escolha. Provavelmente você não vai tocar nelas antes dos 3 ou 6 meses. Mas depois elas serão muito úteis, pois a criança começa a tomar sucos, chás e água.
  11. O pediatra. Já procurou o pediatra? Conhece um? Não? Uma boa ideia é marcar consultas para uns 20 dias depois da DPP. O convênio não cobre consultas com pediatras para adultos, e muitos deles só têm consultas a cada 30 dias. Veja isso com antecedência.
  12. Estoque de algodão. A melhor coisa para limpar o nenê, é algodão, água e uma toalhinha. Vai aos montes, pode acreditar. Eu compro no atacado. Faça um estoque. Deixe os lencinhos para uma primeira limpada do cocô e para quando for sair. Eles contém produtos químicos que podem assar seu filhote.
  13. Siga o conselho de dormir o quanto puder. Depois você não vai ter tempo pra isso.
  14. Mantenha-se em movimento. Volte a se mexer assim que a obstetra liberar. É um tempo para você, e acredite, você vai precisar disso.
  15. Não esqueça a vaidade. Pode parecer bobo falar isso, mas é verdade. Nos envolvemos tanto com aquele ser deliciosos que esquecemos de nós. Organize seus horários e arrume o cabelo, passe um batom. Coisas simples que nos fazem muito bem, e nos tiram o aspecto de “mãe relaxada”, quando na verdade, estamos mesmo é cansadas.

E você, tem alguma dica? Compartilha com a gente!!!

Beijos!

Anúncios

2 pensamentos sobre “15 coisas que toda grávida deveria saber

    • Samela, é verdade, especialmente quando são recém-nascidos. Eu usava apenas para tirar a meleca maior do cocô no bumbum, e continuava com o algodão, especialmente nas partes mais íntimas, digamos assim… 😀

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s