Não faça o que eu não posso manter

Normalmente, a mãe passa o dia com o bebê e, quando chega do trabalho, o papai é só festa. Bem, pai, se você se você só pensa no cansaço e não faz festa para o seu nenê, não sabe o que está perdendo: ele só será bebezinho ou pequeno uma vez. Depois que ele crescer, perdeu, passou.

Nada me dá mais gosto do que ver o meu marido e meu filhote brincando, fazendo a maior bagunça, escutar as risadas que ele arranca do baixinho.

Mas eu sempre peço uma coisa a ele: não faça o que eu não posso manter. Coisas como ficar balançando ele na cadeirinha ou ficar chacoalhando os brinquedos para o Enzo. Sempre que ele faz isso, é batata: no dia seguinte eu não tenho sossego: o pequeno quer colo, quer que eu fique balançando a cadeirinha, não quer ficar sozinho no tapetinho, só quer dormir no meu colo… Já basta a segunda que tem a “ressaca” do domingo, o dia internacional do colinho e das vovós 😀 Com apenas 4 meses, ele ainda é muito pequeno pra entender que o pai faz algumas coisas que eu não posso fazer. É tudo mais simples: “eu gosto da cadeirinha balançando, POR QUÊ NINGUÉM ESTÁ BALANÇANDO PRA MIM???”

Parece algo simples, mas já teve dias em que mal consegui comer por conta disso. Além disso, é o começo da educação da criança e os pais devem estar sempre muito afinados nessa questão para não enfrentar problemas sérios depois. Conforme crescem, as crianças precisam de mais orientações e mensagens truncadas deixam a criança confusa, mas isso é assunto pra outro post.

Não significa que não é para brincar com a criança, muito pelo contrário. Trata-se de não acostumá-la com o que não pode ser mantido: depois a criança fica nervosa e a mãe desesperada, sem poder fazer absolutamente nada, porque com um bebê pequeno, o que dá pra fazer já é muito pouco. Depois que eles crescem um pouco aí entendem que o pai faz algumas coisas que a mãe não faz, e tudo bem.

*foto: http://www.sxc.hu

Anúncios

2 pensamentos sobre “Não faça o que eu não posso manter

  1. Pingback: Vou ser pai! E agora? | E o papai, tá perdido?

  2. Minha esposa está no quarto mês indo pro quinto , faço de tudo vc imaginar esses primeiros 4 meses estão acabando comigo, ela nem chega perto da cozinha pq o cheiro ainda enjoa ela, limpar a casa eu não deixo pq é muito pesado pra uma grávida então literalmente to fazendo tudo que possam imaginar sozinho to indo trabalhar que nem um zumbi( to comendo dorflex de café da manhã e da tarde ) e de todas as dicas que já li essa deve umas das poucas que eu tenho certeza que não conseguirei cumprir, Nosso bebê foi bem planejado , vai nascer em Janeiro pois eu acho que vai ser perfeito vai ter sol para ele , e todo mundo de férias do trabalho ( a minha família e a dela são educadores) Vou passar esses 9 meses que nem zumbi para fazer tudo para ela e o neném então quando nascer os dois primeiros meses eu só quero curti que minha mãe , minha irmã minha sogra e minha cunhada que ajudem , pode até ser muito egoísmo de minha parte mas acho que eu e o neném merecemos 🙂 …

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s